Sábado, 24 de Março de 2007
Curta 31
1. Orlando Braga faz mais um dos seus posts em que copia um excerto de um espantoso libelo homofóbico, por acaso, de leitura imprescindível. Nem só de boas leituras se forma o carácter. Temos também de ler, de vez em quando, panfletos declarados.

2. O Luís Bonifácio, na mesma onda, escreve no comentário:
"Substitui o artigo sobre a Heterossexualidade com uma tradução parcial do artigo da Wikipedia Inglesa.
A ver a guerra que o Lobby gay vai fazer!"

3. Eu respondo:
“Substitui o artigo sobre a Heterossexualidade com uma tradução parcial do artigo da Wikipedia Inglesa.” - ou seja: faz um vandalismo, contra as regras instituídas no projecto, para os podermos atacar por outra razão que não aquela que provocará reação (o pessoal revolta-se contra a “substituição do texto” por uma tradução parcial - em vez de desenvolvimento do texto; e nós aproveitamos para dizer que é o Lobby Gay… 1+1=5!)… Lindo, Bravo, meus caros: ao menos, vemos claramente como funcionam.

O pior é que não têm vergonha na cara, mas orgulho da sua falta de seriedade...
Artigos da mesma série: ,
publicado por Manuel Anastácio às 14:20
link do post | Adicionar aos favoritos
De shark a 25 de Março de 2007 às 20:19
A aparente contradição expressa no meu comentário não é dispicienda.
De Manuel Anastácio a 25 de Março de 2007 às 22:41
A Wikipédia é independente da defesa dos interesses de qualquer orientação sexual. O que acontece é que existe um grupo de pessoas, assumidamente homofóbicas, que, não entendendo o funcionamento da Wikipédia, não aceitam participar de forma civilizada com os seus oponentes "homofílicos", de forma a escreverem-se artigos neutros. Preferem desistir pouco depois (aliás: desistem à partida porque quando contribuem é apenas com o desejo de testar "os administradores" e "o sistema" e não com o desejo de participar de forma efectiva). Assim, é claro, ficam apenas os homofílicos no projecto. A minha posição, não sendo homofóbica, não é pela defesa de quaisquer interesses. A Wikipédia deve ser neutra - nisso concordo com o Luís Bonifácio e com o Orlando Braga. O que não está correcto é a forma como eles pretendem impor a sua visão sem qualquer vontade de dialogar, movidos por um preconceito cego contra homossexuais e contra o espírito de livre edição da Wikipédia, que não compreendem.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
.pesquisar