.Últimos bocejos

. Educação do meu imbigo

. VII

. Uma educação socialista?

.Velharias

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2015

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015
Educação do meu imbigo

Do ponto de vista da direita, os melhores professores estão na escola pública. São mais bem pagos (pelo menos se não tiverem tido as carreiras congeladas desde o tempo do Sócrates) e, por enquanto, são um pouco mais bem tratados que os dos privados que, se o patrão quiser, vão limpar sanitas. Nada contra limpar sanitas. Mas parece-me que não seja tarefa com mais valia pedagógica. 

Do ponto de vista da direita (PS, PSD e PP, caso não saibam distinguir), os melhores vão para onde o seu excelente desempenho é valorizado. Assim provo o que acima é sustentado.

Porém, para a direita, com os seus rankings e sistemas de avaliação de professores e de valorização do desempenho de escolas, as melhores escolas são do privado.

Partindo agora do princípio que boas escolas têm bons professores... está a falhar-me o silogismo...

...será preciso contratar os professores que escrevem com erros de ortografia.

Porra, o que é que está a falhar no meu raciocínio?

publicado por Manuel Anastácio às 22:26
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010
VII

Segundo Rodrigo Moita de Deus, o dinheiro gasto em Educação é despesa, não é investimento. E o Paulo Guinote deixa passar a coisa. Estamos bem.

Artigos da mesma série:
publicado por Manuel Anastácio às 00:01
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 5 de Junho de 2010
Uma educação socialista?

Em resposta a um texto bem intencionado do meu professor Ramiro Marques:

 

O verdadeiro socialismo é devedor da cultura cristã e do conceito de igualdade que Ramiro Marques, neste texto, aponta como sendo a sua marca principal. Não concordo com a contínua associação entre a palavra "socialismo" (que não é a ideologia do PS) e a degradação da escola pública. O grande problema da escola pública é a sua má interpretação do conceito de igualdade, já que dar o mesmo a todos nem é justo nem sequer igualitário, porque alguns sempre terão meios de ultrapassar a mediocridade fugindo da escola pública ou acedendo a serviços que farão aquilo que a escola não é capaz de fazer, enquanto que outros se manterão apenas à tona de um mínimo de exigência e da possibilidade de desenvolverem as suas competências e conhecimentos, afastando qualquer hipótese de mobilidade social e, pior ainda, qualquer possibilidade de contributo da escola para a sua realização pessoal enquanto indivíduos ou para a formação de cidadãos conscientes e empenhados na construção de uma sociedade mais justa, mais criativa, mais produtiva... Não esqueçamos que os antigos países de orientação socialista, com todos os seus defeitos crassos a nível de liberdades fundamentais que negavam aos seus cidadãos conseguiram algo que se tem transmitido às novas gerações: a consciência de que só com trabalho e empenho se conseguem atingir aqueles objectivos com que os professores enfeitam as suas planificações e outros documentos considerados essenciais pelos inspectores escolares e avaliadores voluntários ou à força - e que o são, de facto, para a manutenção de um sistema de pura ficção, de mentira, de propaganda, de agravamento das desigualdades entre os cidadãos e da criação de uma cidadania de bovinos incapazes de qualquer sentido crítico, presos aos mais baixos instintos animais sem que neles haja a mínima orientação ou luz civilizacional. O socialismo é uma dessas luzes civilizacionais, tal como a tradição judaico-cristã, a greco-romana, a renascentista-humanista e a iluminista. Culpar o socialismo da degradação da escola é dizer que temos tido em Portugal uma educação de orientação socialista, o que é falso. Temos tido, isso sim, uma escola orientada por um discurso de retórica socialista sem qualquer preocupação real quanto ao papel da escola na vida dos cidadãos e na evolução da sociedade. O objectivo do socialismo é também a revolução. Julgar que temos tido uma educação para a revolução é ridículo. Temos tido, isso sim, uma educação para a passividade, para a anestesia, para a inanidade intelectual e para a reprodução cada vez mais dolorosa das desigualdades sociais.

Artigos da mesma série: , ,
publicado por Manuel Anastácio às 17:50
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
|
.Nada sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.Artigos da mesma série

. notas

. cinema

. livros

. poesia avulsa

. só porque

. política

. curtas

. arte

. guimarães

. música

. estupidez

. traduções

. wikipédia

. religião

. poesia i

. gosto de...

. ono no komachi

. narrativas

. tomas tranströmer

. buscas pedidas

. plantas

. arquitectura

. blogues

. enciclopédia íntima

. blogs

. braga

. fábulas de esopo

. as quimeras

. gérard de nerval

. carvalhal

. animais

. cultura popular

. disparates

. Herbário I

. poesia

. póvoa de lanhoso

. estevas

. pormenores

. umbigo

. bíblia

. ciência

. professores

. vilar formoso

. barcelos

. cinema e literatura

. coisas que vou escrevendo

. curtíssimas

. Guimarães

. rádio

. receitas

. ribeira da brunheta

. teatro

. vídeo

. da varanda

. economia

. educação

. família

. leitura

. lisboa

. mails da treta

. mértola

. Música

. os anéis de mercúrio

. cachorrada

. comida

. cores

. dança

. diário

. direita

. elogio da loucura

. escola

. esquerda

. flores de pedra

. hip hop

. história de portugal

. kitsch

. memória

. ópera

. profissão

. recortes

. rimas tontas

. sonetos de shakespeare

. terras de bouro

. trump

. Álbum de família

. alunos

. ângela merkel

. arte caseira

. aulas

. avaliação de professores

. ayre

. benjamin clementine

. citações

. crítica

. ecologia

. edgar allan poe

. ensino privado

. ensino público

. evolucionismo

. facebook

. todas as tags

.O que vou visitando
.Segredos
  • Escrevam-me

  • .Páginas que se referem a este site

    referer referrer referers referrers http_referer
    .Já passaram...
    .quem linka aqui
    Who links to me?
    .Outras estatísticas
    eXTReMe Tracker
    blogs SAPO
    .subscrever feeds