Quinta-feira, 12 de Junho de 2008
Cinematecas

Cenas de "Maria Papoila" realizado em 1937 por Leitão de Barros, com Mirita Casimiro. Porque não consegui arranjar nem o "Aniki Bobó" nem o "Douro, Faina Fluvial" nem um do Aurélio da Paz dos Reis (será que ainda existem?)...

 

Com todo o respeito que tenho pelo João Bénard da Costa, não deixo de ficar indiferente ao aceso libelo que o Lauro António faz contra a política da Cinemateca Portuguesa que, de facto, tem sido mais uma instituição  municipal que nacional.  Como primeiro passo para que as coisas mudem, há uma  petição para a criação de um pólo da Cinemateca no Porto. Convido todos os portugueses, sejam eles do Norte ou do Sul a contribuirem com a sua assinatura (e BI válido - não se aceitam assinaturas do Jacinto Leite Capelo Rego e afins) para que tenhamos, de facto, um serviço público sério no que diz respeito à divulgação do cinema em Portugal.

 

Artigos da mesma série:
publicado por Manuel Anastácio às 19:03
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
.pesquisar