Quarta-feira, 18 de Julho de 2007
Curta 37
Uma coisa que existe sem sombra (ombra-umbra-umbre) de dúvida são as caricaturas não intencionais... Porque é a que Dolores Umbridge do Harry Potter é tão parecida com a Maria de Lurdes Rodrigues??? Porque as obras proféticas têm esta capacidade de nos dar razão... a todos... Será que eu sou parecido com a Sibila Trelawney??? É verdade que gostaria de, tendo uma filha, de lhe dar o nome de Clara Sibila (algo que recebe a mais profunda desaprovação de 100% de todas as pessoas que o sabem)... Mas preferia, nesta história, de ser um centauro.

Se não entendem esta minha curta porque olham o Harry Potter de cima, tenho pena... Estão a perder um dos grandes prazeres da vida... Mas cada um escolhe os seus...

Se não tenho tido tempo de actualizar o blog (nem de fazer coisa nenhuma de realmente proveitoso) isso muito se deve à Dolores Umbridge. Não à do Harry Potter. À verdadeira.</span>
Artigos da mesma série:
publicado por Manuel Anastácio às 23:15
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
3 comentários:
De Cris a 8 de Agosto de 2007 às 21:56
Não te zangas comigo? Devo ser das poucas pessoas que não gosta do Harry Potter. As minhas filhas até me comem viva quando eu digo isto, mas não consigo gostar.
O único fime que "vi" dele (não me perguntes o nome porque não me recordo), reparaste que pus aspas no tempo do verbo? Acordei com a Rita a "berrar-me" ao ouvido: - Mãe, francamente! A dormir?
Já sei que corro o sério rsico de ser "deslincada" mas não ficava bem comigo se não te confessasse isto.
Mas, pelo que me recordo, na tua lista de filmes, o Harry Potter não constava lá, pois não? Ou estou enganada?
De Manuel Anastácio a 7 de Setembro de 2007 às 18:14
Peço desculpa por não te ter respondido antes. De facto, gostaria de responder com um texto completo... que já escrevi e que por azar perdi por culpa da minha azelhice informática.
De D'Noronha a 17 de Agosto de 2007 às 01:50
As férias estão boas, Manuel?
Grande abraço.

Dizer de sua justiça

.pesquisar