Sábado, 14 de Abril de 2007
Cinco Haikai

Pormenor do Castelo de Ourém. Foto minha, em Creative Commons

1.
porque o tempo corre
cantai em allegro assai
pela flor que morre

2.
como gotas de água
nascidas em flor rubi
derrama-se a mágoa

3.
no olhar de bruxa
cinzentos tons virulentos
como haste que murcha

4.
a manhã oferece
um galo do sol vassalo
em chão que apodrece

5.
no barro e calcário
os arcos fazem girar
o tempo ao contrário
Artigos da mesma série:
publicado por Manuel Anastácio às 14:43
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
.pesquisar