Sábado, 30 de Setembro de 2006
Buscas pedidas: foto do escritor wilhelm meisters lehrjahre

Retrato de Goethe na Campânia, em 1787, por Johann Heinrich Wilhelm Tischbein (1751 - 1829)

Sei que é maldade troçar da ignorância dos outros, principalmente quando ignorância é algo que não nos falta. Mas confesso que tenho, por vezes, o pouco edificante hábito de me rir com os disparates dos outros. É impossível, quando estou a corrigir um teste, não me rir com a existência de vida na "Drodisfera" ou quando fico a saber que "o sangue venoso é mais venenoso que o sangue arterial". Lembro-me de um aluno que indicava como uma das razões para as invasões francesas, o facto de "o Cavaco Silva ter comido as ovelhas todas". Ou aquele que, depois de ter consultado o dicionário Português - Inglês, escreveu  "I like spoon flowers" (querendo dizer "gosto de colher flores") ou "My sister flame Mary" ("A minha irmã chama-se Maria") ou, ainda, aquele que disse que os gâmetas masculinos eram os espera tomate zóides. Sei que é feio rir dessas coisas. Da mesma forma, alguém procurou, por estas bandas, pela foto do escritor Wilhelm Meisters Lehrjahre. Que não me acusem apenas de registar o disparate: não houve qualquer escritor com este nome, mas um romance (Bildungsroman ou "romance de formação"), de Johann Wolfgang von Goethe , cuja tradução para português é "Os Anos de Aprendizagem de Wilhelm Meister" (publicação em Portugal, em três volumes, pela "Relógio d'água", com tradução de Paulo Osório de Castro). É nesse romance que aparece um poema que me é particularmente caro e que traduzi há já algum tempo, "O país dos limoeiros". Não é possível, portanto, apresentar qualquer retrato (menos ainda, foto) de Wilhelm Meister, mas fica, ali em cima, a do autor.
Artigos da mesma série: ,
publicado por Manuel Anastácio às 12:38
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Artur a 1 de Outubro de 2006 às 18:50
Se achas os teus hits bizarros havias de ver os meus. Há um pouco de tudo, desde a industria de alimentos e tomates de Torres Vedras (?), a uma forte prevalência das ninfas nos termos de pesquisa (bando de pervertidos..). Já agora, alguém me explica o que é que são batatas paillasson?
De T. a 2 de Outubro de 2006 às 01:06
Chego aqui já estafada!
Só para dizer que me diverti com este post e que fico então à espera da fotografia do «mestre»...
:)))

Dizer de sua justiça

.pesquisar