1 comentário:
De glaucia lemos a 25 de Julho de 2013 às 01:35
Pobre criatura...

Dizer de sua justiça