Terça-feira, 2 de Abril de 2013
LXIX

Triste coisa essa, de ser a Eloquência a quebrar algemas e não a Justiça.

 

Quando a multidão dos teus convidados te aplaude tão efusivamente, a eloquência não é tua, Pompónio, mas do teu banquete.

Marcial, Epigramas, Livro VI, Epístola 48. (versão de Manuel Anastácio)

publicado por Manuel Anastácio às 23:29
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
.pesquisar