Terça-feira, 2 de Abril de 2013
LXVIII

Não gosto muito de informação com musiquinha épica a condizer. A música dá a impressão que o senhor, ao falar, está a mudar o mundo como num discurso de um qualquer filme de Frank Capra. Depois, o título é algo exagerado: "O Homem que disse toda a verdade". Não, não disse toda a verdade, mas uma boa parte dela. É indiferente quem nos governa, a nós ou aos Estados Unidos, se esses governos forem comprados pelo sistema financeiro e pelos mercados. Podemos substituir Republicanos por PSD/PP e Democratas por PS. E o discurso valerá também para nós. Mas que ninguém se iluda com a música. O povo ressona, e o ressonar sobrepõe-se a todas as verdades, por mais inflamadas que sejam as palavras.

Artigos da mesma série:
publicado por Manuel Anastácio às 19:48
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De jrd a 3 de Abril de 2013 às 19:41
O povo não ressona. Protesta enquanto dorme...
De Manuel Anastácio a 3 de Abril de 2013 às 22:05
E como dorme...

Dizer de sua justiça

.pesquisar