Terça-feira, 6 de Março de 2012
3 idiotas, de Rajkumar Hirani

Como é que um filme com este título, e fazendo-lhe jus de forma perfeita, consegue ser um dos meus filmes preferidos? Não sei explicar. Há partes que parecem a paródia de uma paródia a um filme de Bollywood (sendo, mesmo,um filme de Bollywood). Os atores parecem tirados dos Malucos do Riso (ou dos Trapalhões), mas com mais Graça. Não com mais piada. Graça. Porque este é um filme sobre a Graça. Não sobre a via da Graça e a via da Natureza segundo Malick. Nada de filosofias transcendentais. Apenas 1 idiota a quem a Graça dotou de uma sensatez indisciplinada e dois idiotas necessitados de quem os salve. Não um Messias. Disse-me a Maria Helena que quem acredita em nós é quem nos salva. Eu acredito nisso. Este filme também.

Artigos da mesma série: ,
publicado por Manuel Anastácio às 23:46
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De glaucia lemos a 7 de Março de 2012 às 02:57
Gosta porque gosta, Manuel, não precisa justificativa. Há um mundo de coisas das quais gostamos sem justificativa. todo o mundo gosta de pipoca, coisa mais sem graça ao paladar, mas todo o mundo gosta, assim tantas outras coisas, a gente mesma não encontra o motivo, nem precisa, é como simpatia por outras pessoas. :-))

Dizer de sua justiça

.pesquisar