.Últimos bocejos

. Os filhos não devem ser o...

. Todas as águas

. Todos os poemas

. Hold back your love, Whit...

. Hallelujah Money, Gorilla...

. 4

. 3

. Love & Hate, Michael Kiwa...

. T-shirt weather in the ma...

. Yonkers, Tyler, the Creat...

. 2

. 1

. i

. Anacreonte

. Educação do meu imbigo

. Voltei! Ou talvez não (co...

. Uma arte, de Elizabeth Bi...

. Uma arte, de Elizabeth Bi...

. Manual de Etiqueta e boa ...

. Aurora dos Pinheiros

. Versículos angélicos

. (19/01/2014)

. Cristianismo

. Arbeit macht frei

. Isso

. Limite

. Resignação solene

. LXXVIII

. Florentino Ariza num dia ...

. I've seen horrors... horr...

. Se bem me esqueço

. Enciclopédia Íntima: Pátr...

. LXXVII

. Experimental como o desti...

. Ruy do car(v)alhinho

. LXXVI

. Overgrown, James Blake

. MS MR - Hurricane

. Buscas pedidas: "filmes s...

. Para Thatcher

. S&M

. LXXV

. Mails da treta: Ímans e a...

. LXXIV

. Agnes Obel

. Amar, casar, perverter

. LXXIII

. LXXII

. LXXI

. Amar é dizer parvoíces

.Velharias

. Agosto 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2015

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

Quinta-feira, 3 de Junho de 2010
Mails da treta: A mãe de Francisco Louçã

No início desta semana, um camarada pergunta: é verdade o que andam por aí a dizer, que a mãe do Louçã é assessora parlamentar? Se é, estamos, de facto num país de merda - terminava o camarada. Eu só ouvi a história depois, pelo que o choque da calúnia foi breve, já que já sabia que a senhora está a realizar essas funções de forma voluntária e gratuita e não a peso de ouro, ou mesmo a peso de estanho pelos contribuintes como esse mail diria (que nunca o li directamente). Pensei em deixar, contudo, uma questão e um pedido de esclarecimentos ao próprio Francisco Louçã no Facebook, mas alguém fez isso antes e a resposta foi:

 

"Vários amigos me têm mandado cópias de um mail anónimo que divulga a seguinte notícia escandalosa: eu teria contratado a minha mãe como assessora parlamentar, paga a peso de ouro pelo dinheiro dos contribuintes. Aqui estão os “esquerdalhos” (é o termo do mail anónimo) apanhados num caso de compadrio e nepotismo, diz o mail.

Talvez seja muito difícil vencer uma campanha anónima. Mas peço ajuda aos meus amigos do Facebook, porque não aceito a mentira. Peço-vos simplesmente que divulguem os factos:

1. A minha mãe é jurista e colabora desde há dez anos com o grupo parlamentar do Bloco, desde a sua fundação.

2.A sua nomeação pode ser lida por todos AQUI

3. Como verificam, essa colaboração é totalmente gratuita. Repito o que se pode ler no despacho: totalmente gratuita.

4. Como outras pessoas, ela dá a sua colaboração ao seu partido, voluntariamente.

Tenho orgulho nessa disponibilidade e generosidade. E estou certo que os autores do mail anónimo não sabem o que é trabalhar desinteressadamente para uma causa.

Muitos dos meus amigos e correspondentes do Facebook não concordaram com opiniões que aqui exprimo. Mas estou certo que, qualquer que seja a sua ideologia ou política, partilham comigo a noção de honra e de exigência. E por isso estou certo que pensam, como eu, que os autores desta campanha anónima na internet merecem a mais cruel das lições: que se saiba a verdade."

Há nesta resposta uma coisa que me suscita dúvidas: há amigos e correspondentes de Louçã que não concordam com as opiniões aqui expressas. Eu gostaria de saber que género de argumentos é que se podem usar para não concordar com o facto de um dirigente partidário aceitar o trabalho voluntário de um familiar que, ainda por cima, é valorizado pela idade, experiência e conhecimento que tem. Talvez ficassem mais contentes se a vissem a fazer crochet.
Contudo, este caso mostrou-me bem a diferença que existe entre o Bloco de Esquerda e os partidos do PS para a direita. Enquanto que, nestes, as acusações anónimas e não anónimas de verdades ou falsidades são vistas com indiferença mesmo por parte dos militantes como coisas naturais, já que se consideram que se alguém anda na política é mesmo para chular o pessoal, aqui, eu senti uma corrente de desgosto e desilusão entre aqueles que colocaram a simples possibilidade de o mail dizer a verdade. Senti que, sendo verdade que Louçã (ou outro qualquer dirigente máximo do partido) funcionava da mesma forma que os outros, eu não destruiria o cartão do partido sozinho. Louçã não é o partido. Mas é, actualmente o seu líder (não é o único líder possível, como dizem as más línguas por aí) e, caso se provasse qualquer acto de nepotismo ou de simples injustiça ou corrupção, o partido só se manteria em pé (abalado, embora) com o afastamento definitivo de Louçã.
Artigos da mesma série: ,
publicado por Manuel Anastácio às 09:54
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
|
20 comentários:
De Silvério a 4 de Junho de 2010 às 22:44
A diferença que existe entre o Bloco de Esquerda e os partidos do PS para a direita, também se pode ver neste caso:

http://www.publico.pt/Educa%C3%A7%C3%A3o/eurodeputado-rui-tavares-cria-bolsas-de-estudo-a-partir-do-proprio-bolso_1440565
De Manuel Anastácio a 5 de Junho de 2010 às 00:26
Belo gesto. E melhor justificação, a do Rui Tavares, para o seu acto de "caridade".

Isso sim é cristianismo. Mesmo sem religião.
De Sergio a 30 de Setembro de 2010 às 17:28
Até acreditaria nessas justificações! O problema é que vi o que estava escrito no diário da República.

Publiquem o que lá está juntamente com esta defesa, e com o que a senhora irá auferir mensalmente!
Depois cada um tirará as suas conclusões sobre o discurso do Bloco da Esquerda da Treta!
De Manuel Anastácio a 30 de Setembro de 2010 às 20:50
Viu? Não parece. Diz lá, preto no branco:

Despacho (extracto) n.º 5296/2010
Por despacho de 15 de Outubro de 2009 do presidente do Grupo
Parlamentar do Bloco de Esquerda:
Licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã — nomeada,
nos termos do n.º 6 do artigo 46.º da Lei de Organização e Funcionamento
dos Serviços da Assembleia da República, republicada pela Lei
n.º 28/2003, de 30 de Julho, para a categoria de assessora do Grupo
Parlamentar do Bloco de Esquerda, sem qualquer remuneração.
1 de Fevereiro de 2010. — A Secretária -Geral, Adelina Sá Carvalho.
203047263


Repito: "Sem qualquer remuneração". A calúnia, ao que parece, continua.
De Sergio a 1 de Outubro de 2010 às 00:43
Sr. Anastácio: tem razão.
Tinha visto um mail com outra informação (de facto falsa) e com falsificação do pdf.
Daí as minhas desculpas!

Mas o seu partido não convence gente séria!
Vocês são contra os ricos; eu gostava que todo o Português fosse milionário! Uma grande parte de gente que recebe o RSI é contra "os ricos"! Alguns saem do bairro de BMW para o irem buscar o rendimento pago à custa dos descontos de tanto trabalhador! Há muita gente que o merece e que não tem outra hipótese, mas há quem o receba por simplesmente não querer trabalhar! 90% destes últimos votam BE da treta!
Os problemas base do país nunca foram o aborto, o casamento homossexual ou a liberalização das drogas! Estratégia económica do vosso partido? Pronto sei que têm, mas agora a sério sem demagogia?
Mas no fundo mais importante que a economia ou a saúde há que defender o lobby gay e os toxicodependentes todos! Até tenho medo de que quando estiverem no governo aqueles que não forem gays e não fumarem charradas percam os direitos!
Drogas, peace and love! Comeremos os frutos que a mãe terra der! Que trabalhem e cavem a terra os militantes da direita! Mas ai deles que tenham mais riqueza do que aqueles que se charram de manhã à noite!
Bom felicidades para o vosso bloco! Se por manifesta infelicidade um dia estiverem no governo juro que vou emigrar tal como a maioria dos Portugueses e ao longe assistirei à degradação do nosso Portugal!

E já agora não falem em democracia! Comunistas e Trotskistas falam em liberdade porque vivem em Democracia! Quando estão no poder são tiranos e ditadores como os de extrema direita!
De Manuel Anastácio a 1 de Outubro de 2010 às 07:39
"Mas o seu partido não convence gente séria!"
--Vejo muita gente séria no meu partido. Mais que nos outros Lamento que não veja o mesmo que eu.

"Vocês são contra os ricos; eu gostava que todo o Português fosse milionário!"
-- É um preconceito. Há de facto, alguns que se dizem contra os ricos, assim como há racistas no CDS. São pessoas que aderem a um movimento pelas razões erradas. O BE não é contra os ricos. É apenas a favor de justiça social. E, quer queira quer não, e infelizmente, os ricos estão a explorar os pobres de Portugal com o apoio dos partidos do PS para a direita. É assim que conseguirá um país de milionários? Lamento a sua visão. E depois chamam-nos utópicos a nós?

"Uma grande parte de gente que recebe o RSI é contra "os ricos"!"
--Quem lhe disse que quem recebe o RSI é do Bloco? Antes pelo contrário. São geralmente pessoas sem qualquer consciência política e mais rapidamente votam no PP do que em quem lhes defende a mínima das dignidades.

"Alguns saem do bairro de BMW para o irem buscar o rendimento pago à custa dos descontos de tanto trabalhador!"
--Acredite que se assim é, o Bloco também é contra esses ladrões. Entretanto, em muito tempo que estou em contacto com tais pessoas, eles têm escondido os BMW muito bem. O tal rendimento a que se refere não paga BMWs a ninguém. Mal dá para comer... Agora se me disser que há trabalhadores que estão a viver como se vivessem do RSI, isto é, na miséria - ah isso garanto-lhe que há. E não é com a concordância do Bloco. Mas o pessoal de direita pensa que só é possível repor a justiça tirando o RSI a uns pobres diabos, lançando-os para a mendicidade e para a gatunagem. Se agora há gatunos com o RSI, com cortes no mesmo, alguns que até iam mantendo alguma decência e honestidade vão deitar a honestidade ao lixo. Garanto-lhe.

" Há muita gente que o merece e que não tem outra hipótese"
--E terão o apoio do estado gravemente cortado agora.

"mas há quem o receba por simplesmente não querer trabalhar!"
--Eu vejo tanta gente a querer trabalhar e não consegue... Será que não vê que tal discurso é apenas a repetição de ideias feitas? Claro que há preguiçosos. Mas a que se deve essa preguiça? A uma doença social e psicológica que corrói as vidas de quem aufere tal subsídio. Ninguém, repito, ninguém, no seu juízo perfeito, quer, repito, quer - deseja - viver do RSI. Se deseja, é porque não funciona bem da cabeça. E a quem não funciona bem da cabeça faz-se o quê? Manda-se para o forno crematório? Repare que estou a falar dos chamados "preguiçosos", não daqueles que a contragosto e por último recurso, estão dependentes de apoio do Estado.

" 90% destes últimos votam BE da treta!"
--Lamento, mas é mentira. 90% desses últimos votam no seu querido Sócrates ou no Paulinho das Feiras. Eu sei. Eu tenho olhos na cara. Gostaria de saber onde foi buscar tais dados! As pessoas a que se refere são pessoas geralmente ignorantes que não fazem ideia sequer do que é o BE. E são os primeiros a lançar calúnias contra os seus vizinhos que também vivem do RSI. A percepção de que votam no BE é apenas devida ao facto de o Bloco defender a sua dignidade mínima de seres humanos. Só depois disso se poderá incentivá-los a serem membros activos e produtivos da sociedade. Ou julga que sem RSI eles passarão a trabalhar? Claro que não! Vão roubar, pedir esmola para o pé dos monumentos nacionais enquanto mostram as feridas da miséria. É isso que quer? Parece-me que sim.
De Manuel Anastácio a 1 de Outubro de 2010 às 08:11
"Os problemas base do país nunca foram o aborto"
--Para si nunca foi, para quem foi obrigado, pela ilegalidade do mesmo, a viver dramas horríveis não concordaria consigo. Mas, de facto, esse nunca foi considerado pelo Bloco um problema base. Era, apenas, um problema que podia ser resolvido (ou minorado) legalmente. Se não é um problema de base (e eu concordo) porque é que é quem contra o BE está sempre a falar nisso? O BE já passou para outras lutas - para os problemas de base: a justiça social e a luta contra a pobreza (sim: contra a pobreza e não contra a riqueza).

"o casamento homossexual"
--realmente, não é um problema de base do país. Então porque é que não deixam os mesmos casar-se, e vamos passar a discutir os assuntos supostamente sérios? Acusam o BE de despender energias a defender o direito a duas pessoas viverem legalmente juntas, ou preocupam-se com a palavra a que se poderá chamar a essa união, e ainda têm a lata de dizer que estamos a perder tempo com coisas que não interessam? Se não interessavam antes, porque é que passaram a interessar? Repare que quem fala nisso agora não é o Bloco de Esquerda: são aqueles que dizem que há problemas mais importantes a tratar. Ora, façamos isso, então.

"ou a liberalização das drogas!"
--o BE não defende a liberalização das drogas. Defende estratégias de combate ao problema da toxicodepência que passem pela eliminação do criminoso mercado negro das drogas. Os traficantes de droga não votam BE. Seria estragar-lhes o negócio. Quanto a fumar charros, acho que o meu amigo parece estar a precisar de um... brincadeira. Não leve a mal.

"Estratégia económica do vosso partido? Pronto sei que têm,"
--Bravo!

"mas agora a sério sem demagogia?"
--Se há coisa que aprendi é que demagogia é, para cada pessoa em particular, aquilo que os outros pensam. O BE não é um partido demagógico. Se fosse, defenderia o que o povo ignorante quer. O BE é, por enquanto (não endeuso ninguém nem partido nenhum), o partido que mais se preocupa com os explorados e com quem vive na miséria - enfim, pessoas que na sua maioria não vai votar. Isso nota-se particularmente nas eleições autárquicas, em que o BE atinge os seus piores resultados, porque a maioria que vota sempre é quem tem o seu lugar dependente da Câmara a defender.

"Mas no fundo mais importante que a economia ou a saúde há que defender o lobby gay e os toxicodependentes todos!"
--Não é mais importante. Mas é, definitivamente importante defender as minorias. Não os lóbis. Esses não precisam de ninguém para os defender. Eu defendo, sim, a liberdade individual - o Sérgio não? Eu defendo o fim do mercado negro que enriquece ilicitamente traficantes de droga. O Sérgio não? OK. Temos ideias diferentes. Não será por isso que terei de agir e defender ideias que vão contra o meu sentido de justiça.

"Até tenho medo de que quando estiverem no governo aqueles que não forem gays e não fumarem charradas percam os direitos!"
--Isso não merece resposta. Recuso-me a responder a coisas destas. A maioria das pessoa do BE são heterossexuais e não fumam charros alguns. Seja sério na sua argumentação, por favor.

"Drogas, peace and love!"
--É contra o peace and love? É pena, eu sou muito a favor. Quanto às drogas: porque é que não defende a proibição do álcool? Sabia que causa muitas mais mortes e problemas sociais e de saúde em Portugal do que os charros? Sabia? Talvez soubesse. Mas o álcool é uma tradição, certo?

"Comeremos os frutos que a mãe terra der!"
--Esta não entendi.

"Que trabalhem e cavem a terra os militantes da direita!"
-- Qual é o militante do BE que diz tal barbaridade??? Seja sério. Antes pelo contrário. O BE defende uma estratégia rural que fixe as populações em locais que agora estão a ser votados à desertificação, desenvolvendo projectos agrícolas sustentáveis e baseados nas viabilidade económica dos mesmos, ao contrário das estufas que enxamearam o país no tempo do Cavaco, servindo de fachada para a compra de bens de luxo. Esses mantêm-se. As estufas estão a cair de podres. É esse o trabalho da terra que quer para o país. Lamento, eu não.
De Manuel Anastácio a 1 de Outubro de 2010 às 08:30
"Mas ai deles que tenham mais riqueza do que aqueles que se charram de manhã à noite!"
--É absurdo. O Bloco apenas pede que aqueles que têm riqueza, à custa do trabalho dos outros, não se limite a acumular mais riqueza, sempre à custa do trabalho de outras pessoas que basicamente dão a vida inteira, em pura escravatura, a encher os bolsos do seu amo! A riqueza acumulada pelo trabalho é riqueza justa e propriedade inalienável. Deixar os ricos roubarem aos pobres, apenas porque não se pode tocar nos ricos, é alimentar ladrões. Estão assim tão preocupados com os ladrõezecos do RSI, que roubam migalhas, e defendem quem leva o bolo todo? Eu defendo apenas que alguma dessa propriedade dos mais ricos nunca lhes pertenceu e foi por estes acumulada de forma injusta, mas legal. Compreendo que isso lhe faça confusão. A mim não faz. O trabalho não deveria ser um instrumento de escravização, mas uma forma de participação conjunta na criação de riqueza da comunidade.

"Bom felicidades para o vosso bloco!"
--Obrigado.

"Se por manifesta infelicidade um dia estiverem no governo juro que vou emigrar tal como a maioria dos Portugueses"
--Prometo que lutarei contra o fecho das fronteiras.

"e ao longe assistirei à degradação do nosso Portugal!"
--Quer dizer que ele não está já degradado... É uma boa notícia. Hoje irei para o trabalho com um sorriso nos lábios.

"E já agora não falem em democracia!"
--Falamos no que bem entendermos. O Bloco defende aquilo que defende ou aquilo que os outros julgam que ele defende? O BE é um partido democrático, sim. No dia em que não for, deixa de ser o BE e passa a ser outra coisa contra a qual me insurgirei. Não usando os mesmo argumentos do senhor Sérgio, claro.

"Comunistas e Trotskistas falam em liberdade porque vivem em Democracia! Quando estão no poder são tiranos e ditadores como os de extrema direita"
--Há alguma verdade no que diz. Mas o movimento de esquerda e a consciência política derivada dessas correntes de pensamento é um movimento recente na História. E está-se a formar uma nova classe de pensadores de esquerda que, ao lado do "Capital" têm a "Carta dos Direitos Humanos" ao lado. Eu sou desses - e ao "Capital" junto a Bíblia e todos os livros do mundo que, de alguma forma, defendam a dignidade humana. Sou absolutamente contra qualquer forma de totalitarismo. Um exemplo é o desejo de poder, por exemplo, de Chávez, que utiliza a democracia para a perpetuação do seu poder, em vez de servir a democracia. Eu estarei ao lado do BE enquanto este defender a liberdade e a democracia. No dia em que não defender, uma coisa é certa, não me vou virar para o PS nem para o PP nem para o PSD. Não é por aquilo que era puro se conspurcar que aquilo que já é sujo passa a ficar limpo.

Bem haja.
De Sergio a 13 de Outubro de 2010 às 14:35
Senhor Manuel Anastácio

Em primeiro lugar tenho a dizer-lhe que não respondi antriormente por ter gozado as merecidas férias.
Sem quaquer ironia que o senhor é um omem inteligente e com excelentes ideais. E não são muito diferentes dos meus! A nossa divergência está no camnho que vemos para a resolução dos mesmos!

E acredite o senhor é uma excepção dentro da maioria dos militantes do BE. É um homem com ideias, com espirito aberto e com ideais cristãos (independentemente das suas crenças).
Talvez tivesse ficado com a ideia que me identifico com PSD ou PP. Puro erro! Posso dizer-lhe que tenho ideais sociais democratas e tenho alguns ideais de esquerda (estado social, etc), mas acredite que nos ultimos 10 anos o meu voto foi sempre em branco!

Isto porque tenho o dever civico de votar, mas não me identifico com estes politicos de carreira que pouo ou nada abem fazer! E concordará comigo que a maioria das vezes, o parlamento é um circo de palhaços incompetentes, mentirosos, demagogos e corruptos democraticamente eleitos pelos Portugueses para conduzir o país à ruina.

Mais lhe digo caro amigo:

Achei-o sincero na forma como defende os excluidos! Eu ando no meio deles a ajudá-los. Sou médico de profissão e 1 dia por semana ando à noite nas ruas da cidade do Porto a ajudar indigentes, a medicá-los; por vezes a envia-los e conduzi-los aos hospitais. Há dramas humanos e que merecem todo o nosso humanismo; mas acredite que uma grande maioria não quer ser ajudada e recusa oportunidades. Daí que seja contra o subsidio pelo subsidio - esta gente sabe dos direitos e nunca se lembra dos deveres. A única razão que me faz continuar é saber que por vezes em 20 há 1 que vai encaminhar a sua vida. E esse 1 que ajudamos dá-nos força para acreditar que poderemos ajudar muitos "1" nesta cidade!

Gostei dos seus ponos de vista. Se fosse o Presidente do seu partido e se os militantes pensassem da mesma forma que o Sr. acredite que o meu voto iria para o BE.

Um abraço amigo

Sérgio
De SERGIO a 20 de Outubro de 2010 às 15:52
ESTA TRETA QUE OS GAJOS DA ESQUERDA SÃO UNS CHARRISTAS....É BEM MELHOR QUE OS GAJOS DA DIREITA QUE SÃO UNS COCAINADOS .....
CONCORDO COM MUITA COISA QUE É DISCUTIDA E DEFENDIDA PELO SR.ANASTACIO COMO TAMBEM PELO SR.SÉRGIO, COMO TAMBEM DISCORDO COM OUTRA TANTA DEFENDIDA PELOS DOIS.
DESDE JÁ DIGO QUE NÃO SOU BLOQUISTA, E MUITO MENOS DE DIREITA...
NÃO DEPOSITO A MINHA VIDA NA MÃO DE UM DESCONHECIDO, SEM ANTES O CONHECER, FALO DE POLITICOS, CORRUPTOS, PALHAÇOS, E IGNORANTES.
E COMO TENHO ASSITIDO DIARIAMENTE A SUPOSTOS ADULTOS IMATUROS-POLITICOS EU NÃO CONFIO A MINHA VIDA NAS MÃOS DESSES PSEUDOS-DOUTORES E ENGENHEIROS...
E DIGO ISTO PORQUÊ?! PORQUE JÁ FUI ALCOOLICO, E DEPENDENTE DE QUIMICOS DURANTE MUITOS ANOS, ´TAMBEM JÁ Á MUITOS ANOS QUE NÃO O SOU.
MAS NOS ANOS EM QUE FUI UM AGARRADO, CONVIVI COM MUITOS DESSES SENHORES PSEUDOS-DOUTORES E ENGENHEIROS, E QUE ALGUNS HOJE SÃO POLITICOS E ATÉ DEPUTADOS, QUE USARAM DROGAS COMIGO, E AINDA HOJE CONSOMEM, NÃO TENHAM A MENOR DUVIDA, NÃO SÓ CHARROS COMO OUTRAS SUBSTANCIAS, NOMEADAMENTE COCAINA, E A VISTA DOS IGNORANTES SÃO OS MAIORES, NÃO FALO EM NOMES, NEM PARTIDOS, MAS UMA VÊZ MAIS DIGO QUE ERAM DE ESQUERDA E DE DIREITA, QUEM LÁ ANDAVA QUANDO EU LÁ ANDAVA, E QUE ALGUNS AINDA LÁ ANDAM, QUANTO AQUELES QUE VIVEM DE RENDIMENTOS MINIMOS E OUTROS SUBSIDIOS PARECIDOS E TEM BMW E MARCAS DE TOPO, TAMBEM É VERDADE E NÃO OS ESCONDEM COMO O SR ANASTCIO AFIRMA, E ISTO DE VIVEREM UMA VIDA INTEIRA COM OS TAIS RENDIMENTOS DA SEGURANÇA SOCIAL, O CULPADO É O GOVERNO E MAIS NINGUEM.
EU NÃO SOU ESPECIAL NEM DIFERENTE, TENTO SÊR HONESTO COMIGO E COM OS OUTROS, SEI O QUE É VIVER EM GRANDE, SEI O QUE É VIVER NA MISÉRIA, SEI O QUE É O FRIO, A FOME, A SOLIDÃO, ETC..
COMO TAMBEM SEI O QUE HOJE É IMPORTANTE PARA MIM, NÃO GOSTO DE VIVER DE ESMOLAS DA SEGURANÇA SOCIAL, JÁ USEI O SUBCIDIO DE DESEMPREGO DURANTE 3 MESES, MAS AO FIM DESSE TEMPO LÁ FUI TRABALHAR, E PORQUÊ?! PORQUE BATALHEI, SOFRI, QUASE MORRI PARA LARGAR AS DROGAS, E HOJE DOU VALOR A TUDO O QUE CONSIGO CONQUISTAR, E AO LONGO DA VIDA TENHO TIDO MUITAS CONQUISTAS IMPORTANTES, E UMA DELAS É O DIREITO AO TRABALHO, AO VOTO, A DECIDIR O QUE É MELHOR PARA MIM, NÃO SOU DOUTOR, NEM TENHO LICENCIATURA, TENHO 12º ANO QUE O FIZ NAS NOVAS OPORTUNIDADES, E UM CURSO DE COZINHA APLICADA QUE PAGUEI DO MEU BOLSO....HOJE TENHO TRABALHO, NÃO SOU ESCRAVO DE NINGUEM, SOU RECONHECIDO E NÃO ADMITO QUE ALGUEM ME QUEIRA HUMILHAR OU MAL TRATAR, PORQUE TODOS OS DIAS ME PREOCUPO EM NÃO FAZER O MESMO AS OUTRAS PESSOAS, MAS UMA COISA GARANTO SE NÃO TIVESSE TIDO UM PROBLEMA COM DROGAS E UM PROGRAMA QUE AINDA HOJE ME AJUDA A MANTER DE PÉ, "NARCÓTICOS ANÓNIMOS" QUE DÁ A CONSCIENCIA DE SÊR RESPONSÁVEL PELA MINHA RECUPERAÇÃO, E QUE PASSA POR TRABALHAR, ESTAR OCUPADO, FAZER PARTE DESTA SOCIEDADE BOA OU MÁ, E PODER DIZER DE CONSCIENCIA TRANQUILA, SIM OU NÃO, EU GARANTO QYE NÃO TRABALHAVA E VIVIA A CONTA DOS DESCONTOS DA SEGURANÇA SOCIAL, ENQUANTO ASSISTIR AOS POLITICOS A QUEIMAR MILHÕES TODOS OS DIAS, EM CIMEIRAS DA NATO, ESTADIOS DE FUTEBOL, INAUGURAÇÕES EM VÉSPERAS DE ELEIÇÕES, E A DESTRUIR AS ESCOLAS, HOSPITAIS, E CADA VÊZ MAIS A FAVORECER OS GRANDES CAPITALISTAS, EU NÃO POUPO A SEGURANÇA SOCIAL, COMO TAMBEM ENTENDO QUEM VIVE DESSAS TAIS ESMOLAS DA SEGURANÇA SOCIAL,
De Manuel Anastácio a 20 de Outubro de 2010 às 21:40
Ora bem. Falou e disse.
De SERGIO a 21 de Outubro de 2010 às 10:52
SR ANASTACIO, JÁ ALGUM DIA AJUDOU A SALVAR UMA VIDA?! OLHE QUANDO COMECEIA A ESCREVER ESTE EMAIL, ERAM 10H40 E JÁ ESTAVA ACORDADO A MUITO TEMPO, PREOCUPADO EM AJUDAR QUEM REALMENTE NECESSITA, PORQUE COMO JÁ DISSE NÃO SOU DIFERENTE DE NINGUEM, MAS NÃO GOSTO DE TELEVISÃO, E MUITO MENOS DE FILOSOFIAS BARATAS COMO AS DO BLOCO E DOS OUTROS TODOS MAIS A DIREITA, EU GOSTO É DE FAZER PARTE DA SOCIEDADE, AJUDAR QUEM REALMENTE NECESSITA, E MESMO AQUELES QUE NÃO QUEREM, QUE ESSA DO "ORA BEM, FALOU E DISSE" QUEM O FAZ É O FRANCISCO LOUÇÃ, NUNCA O VI REALMENTE AJUDAR ALGUEM, COMO TAMBEM NUNCA VI BLOQUISTAS A FAZER NADA POR ALGUEM, TENHO VISTO É A FALAREM FRASES MUITO BONITAS, BEM CONSTRUIDAS, MAS NA REALIDADE NÃO TEM RESISTIDO AO VENTO, E PORQUÊ?! PORUE FALAM POR FALAR...........ATITUDE SR ANASTACIO, ATITUDE, MOSTRE REALMENTE OS SEUS PRINCIPIOS COMO SÊR HUMANO SE REALMENTE É, E VENHA PARA A RUA AJUDAR QUE REALMENTE NECESSITA, E NÃO PROTEJA OS CORRUPTOS FALA BARATO, FALOU E DISSE?! POIS TÁ CLARO, DE TRETEIROS ANDA O MUNDO FARTO.

De Manuel Anastácio a 21 de Outubro de 2010 às 13:49
Não pretendia ofender ninguém. Falou e disse quer dizer, pelo contrário, que tinha falado com convicção. Nada mais. E dou-lhe os meus parabéns se ajuda outras pessoas. Faz a sua parte, é certo. Mas eu penso que prosseguir políticas justas também ajuda a modificar o mundo para melhor. Basta ver a História da Humanidade. Verá que houve pessoas que, através da política fizeram muito mais do que acções isoladas da boa vontade de cada um. Bom dia.
De SERGIO a 21 de Outubro de 2010 às 15:17
No céu cinzento sob o astro mudo
Batendo as asas Pela noite calada
Vêm em bandos Com pés veludo
Chupar o sangue Fresco da manada

Se alguém se engana com seu ar sisudo
E lhes franqueia As portas à chegada
Eles comem tudo Eles comem tudo
Eles comem tudo E não deixam nada

A toda a parte Chegam os vampiros
Poisam nos prédios Poisam nas calçadas
Trazem no ventre Despojos antigos
Mas nada os prende Às vidas acabadas

São os mordomos Do universo todo
Senhores à força Mandadores sem lei
Enchem as tulhas Bebem vinho novo
Dançam a ronda No pinhal do rei

Eles comem tudo Eles comem tudo
Eles comem tudo E não deixam nada

No chão do medo Tombam os vencidos
Ouvem-se os gritos Na noite abafada
Jazem nos fossos Vítimas dum credo
E não se esgota O sangue da manada

Se alguém se engana Com seu ar sisudo
E lhe franqueia As portas à chegada
Eles comem tudo Eles comem tudo
Eles comem tudo E não deixam nada

Eles comem tudo Eles comem tudo
Eles comem tudo E não deixam nada

REALMENTE HOUVE PESSOAS QUE FIZERAM BOAS POLITICAS, E AINDA HÁ, MAS NÃO É DE CERTEZA AQUELES QUE FALAM DE JUSTIÇA SOCIAL, E QUE DESFILAM NOS CARROS "TOP" DE GAMA, CASAS DE FÉRIAS DE LUXO, HOTEIS 5 ESTRELAS, E PROPRIETARIOS DE EMPRESAS, E QUE NÃO DIVIDEM OS LUCROS PELOS FUNCIONARIOS.
QUANTO AS BOAS ACÇÕES ISOLADAS?! SÓ LHE DIGO QUE NÃO É ISOLADA, É UMA ASSOCIAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS, DE MULHERES E HOMENS, ONDE NÃO EXISTE PRESIDENTES NEM REPRESENTANTES, EXISTE UM CORDENADOR NOMEADO PELOS MEMBROS (TEMPO NÃO SUPERIOR A 6 MESES), E NÃO TEM PODER PARA DECIDIR EM AUTOSUFICIENCIA, TODAS AS DECISÔES SÃO TOMADAS EM CONSCIENCIA DE GRUPO, SEMPRE COM PRINCIPIOS ACIMA DAS PERSONALIDADES, NÃO ESTAMOS LIGADOS A NENHUMA RELIGIÃO, NÃO ESTAMOS LIGADOS A NENHUM GRUPO POLITICO, NEM SOBRE VIGILANCIA.
ESTA ASSOCIAÇÃO EXISTE EM TODO O MUNDO.
SÃO ESTES OS MOTIVOS QUE ME LEVAM AJUDAR QUEM NECESSITA, COMO TAMBEM SÃO ESTES OS MOTIVOS QUE ME LEVAM A NÃO AJUDAR QUEM NECESSITA, SE EU QUISER.
E COMO ESTA ASSOCIAÇÃO EXISTE OUTRAS TANTAS, EM PLENO VERÃO, BOMBEIROS VOLUNTARIOS A DAR A VIDA POR QUEM NÃO CONHECEM, O SENHOR CONHECE ALGUM DEPUTADO QUE OS TEVE AJUDAR?! CONHECE ALGUM DEPUTADO QUE LHES MATOU A SEDE, A FOME, ETC..?! EU NÃO VI.
BEM?! É MAIS UMA BOA ACÇÃO ISOLADA, PENSO QUE NÃO!! ACREDITO QUE É MAIS FACIL ESTAR SENTADO EM FRENTE AO TELEVISOR OU LÊR O JORNAL, CARREGADO DE NOTICIAS ANTIGAS, DO QUE LEVANTAR O RABINHO E AJUDAR, SEMPRE COM AQUELE SENTIMENTO EGOISTA,"QUEM QUISER QUE FAÇA" ...POLITICAS DE ESQUERDA EM PORTUGAL?! NÃO CONHEÇO, PORQUE NÃO EXISTE.

SR.ANASTACIO, COM TODO O RESPEITO, É ASSIM QUE EU SOU, É ASSIM QUE EU PENSO, É ASSIM QUE EU GOSTO DE VIVER, NÃO NECESSITO DE TÊR UM LIDER PARA ME GOVERNAR, NÃO GOSTO DE SÊR OBRIGADO A FAZER..
MAS PRONTO, ENTENDO O SEU PONTO DE VISTA.
COM OS MELHORES CUMPRIMENTOS.

SERGIO RODRIGUES
De Manuel Anastácio a 21 de Outubro de 2010 às 15:57
Se o Bloco de Esquerda fosse como o descreve, eu também diria o mesmo que o Sérgio.

Quanto às Organizações, depende: há muitas que se dizem sem fins lucrativos e... vai-se a ver... Não estou a dizer que é o caso da sua.

Boa tarde.
De SERGIO a 21 de Outubro de 2010 às 18:15
EU NÃO TENHO NENHUM ASSOCIAÇÃO, FAÇO PARTE DE UMA, E GARANTO QUE É SEM FINS LOCRATIVOS, NESTA ASSOCIAÇÃO É ASSIM QUE É.
QUANTO AO BLOCO DE ESQUERDA, EU SÓ DOU A MINHA OPINIÃO, NÃO TENHO DE TER RAZÃO, TENHO DIREITO SIM ,A EXPRESSAR O QUE SINTO E PENSO.
O QUE ME FAZ NÃO CONFIAR EM POLITICOS É O SEGUINTE; "EU NÃO CONFIO EM TODA A GENTE QUE CONHEÇO, PORQUE TENHO MOTIVOS PARA ISSO,,,,PORQUE RAZÃO VOU EU CONFIAR EM QUEM NÃO CONHEÇO?! PORQUE FALA BEM?! PORQUE É UMA PESSOA ESTUDADA?! NÃO!!! EU NÃO DEPOSITO A MINHA VIDA NA MÃO DE GENTE DESCONHEÇIDA, SÓ ESSA ME FALTAVA.
COMO JÁ DISSE NÃO SOU DO BLOCO, PS, PSD, CDS, PP, MONARCAS, ETC..ETC..ETC..., VOTO EM BRANCO, EM TODAS AS ELEIÇÕES, E NA MINHA OPINIÃO DEVIA APARECER NO BOLETIM "ANARQUIA" E AI SIM, JULGO QUE AS ELEIÇÕES ERAM MAIS PROCIMAS DA REALIDADE.
MAS NÃO JULGUE O SENHOR, QUE ANDO NA RUA REVOLTADO COM OS IDEAIS POLITICOS DE CADA UM, SÓ ESSA ME FALTAVA, TENHO AMIGOS MILITANTES EM QUASE TODOS OS PARTIDOS, E CONTINUAM A VIR A MINHA CASA, COMO EU VOU A DELES, DISCOTIMOS IDEAS, DAMOS OPINIÕES, POR VEZES NUM TOM DE VÓZ BEM ALTO, CADA UM CONVICTO DAS SUAS IDEOLOGIAS POLITICAS, MAS NÃO FICA RESSENTIMENTO ALGUM NO AR, FICA TUDO COMO ANTES "AMIGOS" PORQUE ACREDITO QUE EXISTE MUITA GENTE QUE ACREDITA NA POLITICA, PORQUE FOI O PAI E A MÃE QUE LHE DISSE QUE ERA ASSIM QUE TINHA DE SÊR, A MIM TAMBEM TENTARAM FAZER O MESMO, SÓ QUE NÃO RESULTOU, "NÃO ACREDITO EM DEUS, NEM EM MESTRES" ACREDITO NAS POTENCIALIDADES DO HOMEM.

CUMPRIMENTOS
De Manuel Anastácio a 21 de Outubro de 2010 às 22:37
Mas eu nunca disse nada contra as pessoas que lutam por um mundo melhor da forma como diz que faz - ainda que nem sequer diga qual a organização a que pertence. Compreenda que, assim como tem esse direito (que eu defendo até à morte) de expressar as suas opiniões e de desconfiar de todos os políticos sem excepção, eu também tenho direito a desconfiar de tudo aquilo que diz, seja quanto à sua real identidade, já que não se identifica; seja quanto à organização a que pertence, seja a respeito de muitas coisas que diz e que me parecem falaciosas, dado o conhecimento que eu também tenho da realidade social do nosso país. Trata-se de desconfiança. Claro que o primeiro passo para confiar mais em si passaria em por ter um contacto ou um nome real. Ao menos, eu sei que o Francisco Louçã é alguém contactável e cuja vida pública é bem conhecida e, até ao momento, é irrepreensível do ponto de vista de rectidão pessoal e cívica.

Cumprimentos
De SERGIO a 21 de Outubro de 2010 às 23:18
O NOSSO OBJECTIVO NÃO É PROMOVER, MAS SIM ATRAIR, QUANTO A FALACIOSO, NÃO SEI O QUE LHE DIZER, TALVEZ SE SAIR MAIS DE CASA E ANDAR REALMENTE PELOS BAIRROS DOS POBRES, DOS TRABALHADORES, CONSIGA ENTENDER A MENSAGEM, QUANTO AO PESSOAL DO BLOCO NINGUEM FUMAR CHARROS, O SENHOR DESCULPE, MAS NÃO SABE NADA DE NADA DESSAS COISAS E DESSAS PESSOAS, ENTÃO NÃO DEFENDA O QUE NÃO CONHECE.

QUANTO A MINHA IDENTIDADE- SÉRGIO RODRIGUES
NÃO SOU DOUTOR OU ENGENHEIRO, E NÃO QUERO ESTATUAS, OU ELOGIOS SEM ASSUNTO
De Manuel Anastácio a 22 de Outubro de 2010 às 08:09
Dizer "Sérgio Rodrigues" não identifica ninguém. O nome da Associação continua incógnito. Quanto aos bairros dos pobres e quanto às pessoas do Bloco de Esquerda, os leitores que acreditem em quem lhes apetecer: se em mim, que dou a cara, se em palavras de alguém não identificado (nem mail, nem contacto, nem algo que o relacione à vida real). Eu trabalho com pessoas pobres e vejo que há pessoas ricas que obtêm ajudas dos estado quando há pessoas pobres que o não conseguem fazer. Esse sim, é um problema - não o problema das ajudas do Estado, que são apenas mal aplicadas. Quanto aos charros: há pessoas que fumam charros no Bloco? Deve haver. Mas fumam, fumam em privado e não obrigam nem incitam ninguém a fazê-lo. A posição do Bloco em relação ao assunto é clara e tem como finalidade acabar com o negócio criminoso do tráfico de droga que só ganha com a proibição da venda. Claro que há quem pretenda manter o estado podre das coisas. Ao lutar por uma alteração do quadro legal da venda de droga, quem está na política por razões honestas e orientadas para o bem comum, estará a fazer mais pelo futuro de toda uma geração que, inevitavelmente, fumará charros (confesso que já vi muitos jovens universitários a fumar charros - e são, geralmente, pessoal de direita, muito agarrado às tradições académicas e tolices conservadoras do género - sem falar no consumo excessivo de álcool que é muito mais grave que fumar charros) - dizia eu, quem lutar por um mundo mais justo, e conseguir fazer algo a esse nível, estará a fazer mais pelo mundo que quem presta pontualmente apoio aos necessitados. E, quer queira quer não, a caridade que está a defender (e que é uma coisa boa, não digo o contrário) não abrange todos e apenas é fundamentalmente necessária porque vivemos numa sociedade injusta e que empurra muitos seres humanos para a exclusão, para a doença, para a pobreza extrema. Já houve alturas em que situações graves para a comunidade se alteraram graças às simples pressões do Bloco de Esquerda junto das entidades competentes - e isso significa dar muitos copos de água a beber aos bombeiros durante a época de incêndio. Há quem leve o copo de água ao bombeiro - e há aqueles que lutaram, e conseguiram, que houvesse água naquele sítio, para o bombeiro poder ser servido. Na minha humilde opinião, cada um fez a sua parte. Mas concordo consigo quando diz que há muita gente mal intencionada na política. É mesmo por isso que precisamos de gente bem intencionada.
De Sergio a 13 de Outubro de 2010 às 14:43
Senhor Manuel Anastácio - peço desculpa este é a versão após correcção ortografia

Em primeiro lugar tenho a dizer-lhe que não respondi anteriormente ao seu comentário por ter gozado as merecidas férias.
Sem qualquer ironia, acho que o senhor é um homem inteligente e com excelentes ideais. E não são muito diferentes dos meus! A nossa divergência está no caminho que vemos para a resolução dos mesmos!

E acredite; o senhor é uma excepção dentro da maioria dos militantes do BE. É um homem com ideias, com espirito aberto e com ideais cristãos (independentemente das suas crenças).
Talvez tivesse ficado com a ideia que me identifico com PSD ou PP. Puro erro! Posso dizer-lhe que tenho ideais sociais democratas e tenho alguns ideais de esquerda (estado social, etc), mas acredite que nos ultimos 10 anos o meu voto foi sempre em branco!

Isto porque tenho o dever civico de votar, mas não me identifico com estes politicos de carreira que pouo ou nada abem fazer! E concordará comigo que a maioria das vezes, o parlamento é um circo de palhaços incompetentes, mentirosos, demagogos e corruptos que form democraticamente eleitos pelos Portugueses para conduzir a nação à ruina.

Mais lhe digo caro amigo:

Achei-o sincero na forma como defende os excluidos! Eu ando no meio deles a ajudá-los! Sou médico de profissão e 1 dia por semana ando à noite nas ruas da cidade do Porto a ajudar indigentes, a medicá-los; por vezes a conduzi-los aos hospitais. Há dramas humanos e que merecem todo o nosso humanismo; mas acredite que uma grande maioria não quer ser ajudada e recusa oportunidades.
Daí que seja contra o subsidio pelo subsidio - esta gente sabe dos direitos e nunca se lembra dos deveres! A única razão que me faz continuar é saber que por vezes em 20 há 1 que vai encaminhar a sua vida. E esse 1 que ajudamos dá-nos força para acreditar que poderemos ajudar muitos "1" nesta cidade!

Gostei dos seus ponos de vista. Se fosse o Presidente do seu partido e se os militantes pensassem da mesma forma que o Sr. acredite que o meu voto iria para o BE.

Um abraço amigo

Sérgio

Dizer de sua justiça

.Nada sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.Artigos da mesma série

. notas

. cinema

. livros

. poesia avulsa

. política

. só porque

. curtas

. arte

. guimarães

. música

. estupidez

. traduções

. wikipédia

. religião

. poesia i

. gosto de...

. ono no komachi

. narrativas

. tomas tranströmer

. buscas pedidas

. plantas

. arquitectura

. enciclopédia íntima

. blogues

. braga

. fábulas de esopo

. as quimeras

. gérard de nerval

. carvalhal

. animais

. blogs

. cultura popular

. disparates

. Herbário I

. poesia

. póvoa de lanhoso

. estevas

. pormenores

. umbigo

. bíblia

. ciência

. professores

. vilar formoso

. barcelos

. cinema e literatura

. coisas que vou escrevendo

. curtíssimas

. educação

. Guimarães

. rádio

. receitas

. ribeira da brunheta

. teatro

. vídeo

. da varanda

. economia

. família

. leitura

. lisboa

. mails da treta

. mértola

. Música

. os anéis de mercúrio

. cachorrada

. comida

. cores

. dança

. diário

. direita

. elogio da loucura

. escola

. esquerda

. flores de pedra

. hip hop

. história de portugal

. kitsch

. memória

. ópera

. profissão

. recortes

. rimas tontas

. sonetos de shakespeare

. terras de bouro

. trump

. Álbum de família

. alunos

. ângela merkel

. arte caseira

. aulas

. avaliação de professores

. ayre

. benjamin clementine

. citações

. crítica

. ecologia

. edgar allan poe

. ensino privado

. ensino público

. evolucionismo

. facebook

. todas as tags

.O que vou visitando
.Segredos
  • Escrevam-me

  • .Páginas que se referem a este site

    referer referrer referers referrers http_referer
    .Já passaram...
    .quem linka aqui
    Who links to me?
    .Outras estatísticas
    eXTReMe Tracker
    blogs SAPO
    .subscrever feeds