.Últimos bocejos

. Todas as águas

. Todos os poemas

. Hold back your love, Whit...

. Hallelujah Money, Gorilla...

. 4

. 3

. Love & Hate, Michael Kiwa...

. T-shirt weather in the ma...

. Yonkers, Tyler, the Creat...

. 2

. 1

. i

. Anacreonte

. Educação do meu imbigo

. Voltei! Ou talvez não (co...

. Uma arte, de Elizabeth Bi...

. Uma arte, de Elizabeth Bi...

. Manual de Etiqueta e boa ...

. Aurora dos Pinheiros

. Versículos angélicos

. (19/01/2014)

. Cristianismo

. Arbeit macht frei

. Isso

. Limite

. Resignação solene

. LXXVIII

. Florentino Ariza num dia ...

. I've seen horrors... horr...

. Se bem me esqueço

. Enciclopédia Íntima: Pátr...

. LXXVII

. Experimental como o desti...

. Ruy do car(v)alhinho

. LXXVI

. Overgrown, James Blake

. MS MR - Hurricane

. Buscas pedidas: "filmes s...

. Para Thatcher

. S&M

. LXXV

. Mails da treta: Ímans e a...

. LXXIV

. Agnes Obel

. Amar, casar, perverter

. LXXIII

. LXXII

. LXXI

. Amar é dizer parvoíces

. Orgasm (Rock Cave), de Cr...

.Velharias

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2015

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009
O meu postal de Natal

Se há coisa que detesto na época natalícia é a suposta obrigação de nos lembrarmos de toda a gente. A obrigação de darmos um sinal de amor a todos os que fazem, de algum modo, parte de nós. E há sempre alguém que, com algum azedume aponta o facto de não lhe termos enviado ao menos um postal de Natal, ao menos um SMS, ao menos um Mail. Claro que eu fico sempre sensibilizado pelo acto de receber qualquer uma dessas coisas, mas não as mando a ninguém. Mando este final de um dos filmes da minha vida. Nada de original, como os postais de Natal do Paulo Hasse Paixão (o do ano passado foi, particularmente, de antologia).

 

Obrigado por aqui terem passado. Eu fico no descanso comodista de quem se limita a ver passar as visitas, qual tio-avô entrevado. Se o meu postal de Natal não vai até vós, vindes vós ao meu postal de Natal. Que não é grande coisa. É apenas o final de um filme que não foi realizado por mim. Foi apenas visto por mim vezes de mais. Será que as imagens dos filmes se impregnam, com o tempo, dos olhares que neles se derramaram? Acredito que sim. Cada vez que alguém vê o Casablanca, não acontece apenas a ressurreição da história, da música e dos olhos lacrimosos de Ilsa, mas a ressurreição de todos os olhos e de todos os ânimos. Sentimos plateias a levantarem-se enquanto se canta a Marselhesa. Sentimos donas a chorar o melodrama. Ou talvez não sintamos nada. Mas está lá tudo. Não sei se é aí que reside a diferença entre ver, olhar e reparar. Eu não sei se vejo, se olho, se reparo. Talvez repare. Tem a homonímia de um sinónimo de concertar. Quando reparo em alguma coisa, alguma coisa é reparada na sua quebra e defeito de passar despercebida.

 

Vejam o "Do Céu Caiu uma Estrela" mais uma vez na vossa vida, e, em consideração pela minha pessoa, não digam que é lamechas. Há lamechices que valem a pena. Quando voltar a ver aquelas mesmas imagens desfocadas por corn flakes a imitarem a neve (não se é verdade isso, mas é o que diz o Trivial Pursuit), estarei também a reparar em vós. Feliz Natal.

 

 

publicado por Manuel Anastácio às 08:54
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
|
5 comentários:
De Luís Bonifácio a 24 de Dezembro de 2009 às 14:46
Feliz Natal
De Silvério Salgueiro a 24 de Dezembro de 2009 às 18:06
Feliz Natal com belhoses de abóbora à moda de Carvalhal, para si e todos os que passam por aqui.
De Gerana a 31 de Dezembro de 2009 às 02:57
Feliz 2010! Beijo transatlântico.
De Gerana a 1 de Janeiro de 2010 às 21:24
Manuel: você está parecendo baiano com este blog.
Não entendeu, não foi?
Vai ficar sem entender porque estou me acabando de rir com a brincadeira. Ou, quem sabe, vc tope com um baiano e pergunte qual a característica mais forte dos baianos.
De glaucia lemos a 8 de Janeiro de 2010 às 05:21
Oi Manuel: Boas vindas neste novo ano! Passei longamente sem tempo para abrir a caixa, senão rapidamente para responder emails urgentes, por isso mesmo sem visitar meus poucos blogs preferidos, o Da condição humana, entre eles, obviamente. Por isso só hoje estou tomando conhecimento da publicação do seu belíssimo poema, ou, da belíssima forma poética que deu a meu conto À espera do tornado. Postado em Junho passado. Obrigada, mais uma vez, por ele (Deus do céu! eu o adoro!)e agora, também agradeço porque a publicação lembra ao público o nome desta autora que tem merecido a sua atenção e se sente honrada com isso. Que Deus o proteja cada vez mais e neste novo ano todas as luzes de realizações recaiam sobre sua vida. Grande abraço. Gláucia Lemos.

Dizer de sua justiça

.Nada sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.Artigos da mesma série

. notas

. cinema

. livros

. poesia avulsa

. só porque

. política

. curtas

. arte

. guimarães

. música

. estupidez

. traduções

. wikipédia

. religião

. poesia i

. gosto de...

. ono no komachi

. narrativas

. tomas tranströmer

. buscas pedidas

. plantas

. arquitectura

. blogues

. enciclopédia íntima

. blogs

. braga

. fábulas de esopo

. as quimeras

. gérard de nerval

. carvalhal

. animais

. cultura popular

. disparates

. Herbário I

. poesia

. póvoa de lanhoso

. estevas

. pormenores

. umbigo

. bíblia

. ciência

. professores

. vilar formoso

. barcelos

. cinema e literatura

. coisas que vou escrevendo

. curtíssimas

. Guimarães

. rádio

. receitas

. ribeira da brunheta

. teatro

. vídeo

. da varanda

. economia

. educação

. família

. leitura

. lisboa

. mails da treta

. mértola

. Música

. os anéis de mercúrio

. cachorrada

. comida

. cores

. dança

. diário

. direita

. elogio da loucura

. escola

. esquerda

. flores de pedra

. hip hop

. história de portugal

. kitsch

. memória

. ópera

. profissão

. recortes

. rimas tontas

. sonetos de shakespeare

. terras de bouro

. trump

. Álbum de família

. alunos

. ângela merkel

. arte caseira

. aulas

. avaliação de professores

. ayre

. benjamin clementine

. citações

. crítica

. ecologia

. edgar allan poe

. ensino privado

. ensino público

. evolucionismo

. facebook

. todas as tags

.O que vou visitando
.Segredos
  • Escrevam-me

  • .Páginas que se referem a este site

    referer referrer referers referrers http_referer
    .Já passaram...
    .quem linka aqui
    Who links to me?
    .Outras estatísticas
    eXTReMe Tracker
    blogs SAPO
    .subscrever feeds