Terça-feira, 11 de Agosto de 2009
Plágio 1 ou Os Malucos do Riso, versão um pouco mais sofisticada

Vídeo extremamente violento. Mas instrutivo.

 

Ela entrou na farmácia. Olhar determinado. Entrou outra senhora depois dela. Deixou-a despachar-se em primeiro lugar e perguntou à menina que estava a aviar (já vos contei a respeito do meu antepassado que foi aviador na Primeira Guerra Mundial? Fica para o rodapé.1) se podia ser atendida pelo Doutor. O Dono da farmácia. Que não era Doutor no sentido académico. A menina chamou o Doutor. Ele veio. A senhora, baixando a voz, explicou ao que vinha. Sabe de algum veneno que não deixe grande sabor, nem grandes vestígios... enfim, daqueles venenos que não deixam pistas... O Doutor assusta-se. Olha a mulher e diz, mesmo que soubesse, não lhe dizia. Por que razão quer saber de tal coisa? Para matar o meu marido, diz ela. E ele: isto é para os apanhados? Não, amigo, antes fosse. Assim se passa de Doutor para amigo. Há destas coisas na psicologia da comunicação. A chegada das grandes revelações e revoluções faz tornar camaradas aqueles que antes apenas cultivavam a distância das hierarquias sociais. Vasculhou na mala e tirou uma fotografia. Daquelas que os detectives privados tiram, onde a esposa do senhor Doutor aparecia comprometida, qual prostituta berlusconiana, ao lado do marido infiel. O Doutor respirou fundo, fez sinal apaziguador para a menina que aviava ao lado, como que a dizer, não é nada, está tudo controlado. E para a senhora: já podia ter dito que tinha receita.

 

1. Aviava atrás do balcão.

publicado por Manuel Anastácio às 22:13
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De blocovizela a 14 de Agosto de 2009 às 20:01
as 54 pessoas que se fala não são militantes. São apenas pessoas independentes que tinham dado o nome para as listas. Dessas 54 algumas continuam connosco. Muitas outras já entraram.
Relembro que não se trata de militantes, mas sim, de puros independentes que por iniciativa do bloco e a convite do bloco, aceitaram entrar para as listas.
O José Manuel Faria, demitiu-se de porta voz do bloco.

Dizer de sua justiça

.pesquisar