Domingo, 18 de Janeiro de 2004
Carícia 1

                            carla1.bmp


 


                               Como um silêncio que voa


                               Sobre o azul cinzento


                               Das nossas manhãs,


                               De rosas em coroa,


                               Num adagietto lento


                               As carícias das nossas mãos


                               Não se exprime num olhar…


 


                              Ainda que nos nossos olhos


                              Apenas repouse, apenas,


                              Puro,


                              O cintilar das esferas,


                              De um acto simples,


                              E puro, de amar

publicado por Manuel Anastácio às 19:32
link do post | Dizer de sua justiça | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Manuel a 17 de Outubro de 2004 às 19:55
Bem este também não é o melhor local para pôr o comentário (devia ser no artigo em questão). Reconheço a minha ignorância quando escrevi o que escrevi. Daphné du Maurier é que foi a plagiadora! É certo!...
De LA a 17 de Outubro de 2004 às 19:28
Você fez uma inversão espetacular. Daphne du Maurier foi quem plagiou Rebeca de a Sucessora, da nossa Carolina Nabuco...
Sugiro que corrija esse lamentável engano.

LA

Dizer de sua justiça

.pesquisar